sexta-feira, 27 de julho de 2012

Flying to Fortaleza - VISTO



Olá, pessoal!!! Nesta quarta-feira, dia 25, eu fui para Fortaleza dar etrada no visto espanhol. Yeeey!!! 

Pausa para reflexão: "Eu realmente preciso parar de falar pequenas coisas em inglês e colocar na cabeça que tenho que praticar é espanhol!"

Por iniciativa de uma aluna da UFPI, que também foi selecionada no CsF, conseguimos que a universidade pagasse nossas passagens de avião de ida e volta para Fortaleza. No mesmo dia que eu, foram outros dois selecionados da UFPI. 

Foi muito fácil e tranquilo solicitar o visto, já que para a Espanha, não é necessária uma entrevista. Mas deixa eu começar do princípio. Inicialmente, pensei que poderia tirar o visto aqui mesmo em Teresina, já que aqui tem um Consulado Honorário da Espanha. Entretanto, descobri depois que teríamos que tirar o visto em Salvador. Por que? O consulado de Salvador é o Geral da Espanha para a região nordeste e os selecionados para o CsF tiveram uma espécie de facilitação na hora de tirar o visto. Alguns documentos que precisaríamos ter em mãos na hora de dar entrada no visto foram enviados pelo CNPq diretamente para os consulados gerais do país. Assim, a quantidade de documentos que nós tivemos que reunir foi mínima e bem fácil de ser conseguida.  A procura para tirar o visto em Salvador foi muito grande devido o número de selecionados. Então, para agilizar o processo, eles direcionaram a solicitação de visto dos selecionados do NE para ser feita também em Fortaleza, Natal e Recife. Nós precisávamos que esse processo de retirada de visto acontecesse o mais rápido possível, pois temos prazos bem curtos para resolver tudo.

Imagine você, que já foi intercambista ou que está passando pelo processo assim como estou, ter que resolver tudo para uma viagem internacional de um ano, em apenas dois meses! É loucura... Eles perceberam isso e resolveram nos ajudar! Thank God!

Basicamente, tive que ter em mãos apenas:

1. Formulário oficial preenchido e assinado pelo interessado;
2. Duas fotografias em tamanho 3x4, fundo branco;
3. Passaporte em vigor por, pelo menos, todo o período para o qual se solicita o visto;
4. Atestado de Antecedentes Criminais expedido pela Polícia Federal (no momento da apresentação da solicitação de visto o atestado não precisa estar legalizado pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil. A legalização desse documento deverá ser realizada durante o processo de tramitação do visto, aportando o solicitante o documento legalizado e nova fotocopia do mesmo, quando retirar o visto);
5. Atestado Médico fornecido por um médico com CRM em vigor e firma reconhecida em cartório, em que conste que não padece enfermidades quarentenáveis contempladas no Regulamento Sanitário Internacional;
6. Taxa de 144,50 reais.

Além desses, você precisa levar a xérox de todos os documentos: de todas as páginas do passaporte (mesmo que ele esteja vazio como o meu ainda está), do atestado médico, da certidão de antecedentes criminais, do formulário oficial. Lembrando que, no consulado de Fortaleza, a certidão de antecedentes criminais não pôde ser a que é emitida na internet. Teve que ser uma solicitada direto na PF de Teresina e reconhecida a firma do cara que assinou o documento. A taxa, tive que pagá-la mais cara, pois foram inclusos os gastos com Sedex para enviar os documentos para Salvador. Paguei R$234,60



Minha tia Lôra (isso é um apelido, quem me conhece sabe) foi me buscar no aeroporto de manhã cedinho. Dei carona pros meninos, tomamos café da manhã na casa da tia e depois fomos pro consulado, que abria às 10:00. Chegamos lá - no Manhattan Center, onde funciona o Consulado Honorário de Fortaleza - às 9:20 e ainda não tinha ninguém. Logo chegaram duas meninas, irmãs sortudas, que foram selecionadas e ainda para a mesma cidade e universidade lá na Espanha. E daí foram chegando outros e mais outros. Quando finalmente o consulado abriu e fomos ao 13° andar, fomos atendidos por uma senhora muito engraçada chamada Iara! rsrs Preenchemos o formulário, item por item, com as orientações dela. Muita coisa ficou em branco, pois, segundo ela, para nós que éramos do CsF, aqueles itens não precisavam ser preenchidos. O formulário é o mesmo para todos os que vão tirar visto de estudante para a Espanha. Então, outro estudante que não é do CsF vai precisar preencher o formulário inteiro, assim como precisará levar documentos adicionais. 

Conferimos todos os documentos necessários, separando em dois montinhos os originais e as xérox. Pagamos e pronto, fomos liberados. Simples assim... O seu passaporte fica com eles, para ser devolvido depois com o visto. Não nos deram certeza de quanto tempo o visto vai demorar para sair, mas disseram que em cerca de 30 dias ele estaria pronto. Quando devidamente prontos os vistos, ficaremos sabendo se teremos que ir buscá-los no consulado de Fortaleza ou se eles mandarão pro consulado daqui de Teresina.

O site onde vocês podem encontrar as informações para retirada de visto espanhol é o do MAEC e para os selecionados do CsF basta clicar aqui.

Estou pretendendo viajar dia 11 de setembro. Olha que data, justo o dia do atentado terrorista nos EUA. Pensando nisso agora, me deu medo do avião ser sequestrado. Acho que dia 12 é melhor, não?!

Vocês já viram que falo muito. E isso porque estou me esforçando para ser breve e direta. Tenho que informar que os posts serão todos assim... Ou pelo menos 80% deles serão! Por hoje é só... Agora é esperar o visto chegar o mais rápido possível...

Até breve...


Um comentário:

  1. Olá Flávia, seu visto saiu em 30 dias mesmo?

    Podemos manter contato?
    Meu email: desie.ltc@gmail.com

    Att,
    Deise

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...