sexta-feira, 20 de julho de 2012

Processo Seletivo CsF

Para adiantar os diversos posts que ainda tenho que fazer, atualizando vocês sobre tudo desde que a idéia de me inscrever pro CsF surgiu, hoje vou explicar direitinho como funciona todo o processo seletivo do programa. Na verdade, de como o processo funcionou para mim, do edital da Espanha para o ano acadêmido 2012/2013.

Logo que começou, o CsF lançou editais apenas para poucos países e tinha critérios um pouco mais rígidos, como exigir do candidato uma média geral das disciplinas maior ou igual a 8,5. Além disso, para todos os países para os quais os editais foram lançados, o canditato teria que realizar uma prova para comprovar a sua "fluência" no idioma falado no país para onde ele estava se inscrevendo. Mais ainda, o aluno precisava ter participado ou estar participando de um projeto de pesquisa. Ou seja, não dava para mim.

Posteriormente, foram lançados editais para países como Portugal e Espanha, para os quais não era exigido um teste de proeficiência no idioma. A nota de 8,5 de média geral foi retirada dos quesitos e eu descobri que não apenas projetos de pesquisa eram aceitos como atividades, mas também monitorias, participação em congressos, estágios não obrigatórios. Entretanto, o primeiro edital para a Espanha, para onde eu me inscrevi, foi lançado já no final do ano de 2011, quase no período de férias. O fato é, não soube da existência de tal edital até saber que uma menina que estuda na mesma universidade que eu estava indo passar um ano em Barcelona através do CsF.

Pouco tempo depois, um novo edital para a Espanha foi lançado e eu não tive dúvidas sobre o que fazer. A primeira etapa foi simples. Eu tive apenas que imprimir um formulário de inscrição disponibilizado no site da minha universidade - caso eu ainda não tenha dito, é a UFPI - preenchê-lo e anexar a ele a cópia dos comprovantes das minhas atividades complementares e do meu histórico acadêmico. Essa é uma etapa de pré-seleção, onde sua universidade vai ser responsável apenas por analisar se você se enquandra nos requisitos exigidos pelo CsF. E será responsável, depois, pela homologação da sua inscrição no programa.

Após a lista dos pré-selecionados da UFPI sair, me inscrevi diretamente no site do CsF. Caso você não tenha ainda um Currículo Lattes, ele é criado automaticamente ao fazer sua incrição. Nessa inscrição, você preenche todos os seus dados desde endereço ao nome dos pais, cpf, identidade, telefone, onde você cursou ensino médio, qual a sua universidade, o curso que você faz e coisas do tipo. Ao final da inscrição, você é direcionado para uma página onde você informa sua área de pesquisa dentro do seu curso e anexa seu histórico em PDF. Após o envio é só esperar pelo resultado da primeira seleção. 

Ao ser selecionada nesta etapa, recebi um e-mail já da "Fundación Universidad.es", que eu entendo como sendo o parceiro do Brasil lá na Espanha. No e-mail consta um link onde você, com seu CPF, tem acesso ao formulário de inscrição nas universidades espanholas. Mais uma vez você preenche seus dados nesse formulário, anexa seu histórico acadêmico, anexa as primeiras páginas do seu passaporte ou sua identidade digitalizada, informa o curso que você pretende fazer lá e faz a "escolha" das universidades para onde você deseja ir, por prioridade. Então, eu tive que elaborar uma listinha das universidades por ondem de preferência. 

Depois de enviar sua inscrição é só esperar pelo resultado. E essa é a pior parte. Principalmente porque o prazo para divulgação do resultado foi adiado algumas vezes e nós estávamos todos completamente alheios aos critérios de seleção, pois muito aconteceu fora do previsto por todos os inscritos. Tudo era na base da suposição. A Plataforma Carlos Chagas - onde você pode acompanhar o andamento da sua inscrição e etc - foi alterada dias antes do resultado sair. A lista dos aprovados foi divulgada no site oficial do CsF dia 12 de julho. Dia 13 de julho recebi um e-mail do CNPq dizendo que havia sido selecionada e o que fazer a seguir. 




Como este post já está gigantesco, as etapas para implementação da bolsa saírão em outro post. Eu sei que para a maioria dos leitores, esse post inteiro foi e será muito chato de ler. Mas acredito que haverá alguém por aí, pensando em se inscrever para o programa, que gostará de saber sobre o que escrevi aqui agora.

Até breve...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...