quarta-feira, 10 de abril de 2013

Barcelona (Dia 2)

Sem enrolações e muitas explicações, vou dizer apenas que resolvi terminar os posts sobre Barcelona antes de falar sobre coisas mais sérias por aqui, como disse no post anterior. Vai ser o tempo ideal até eu arrumar direitinho os outros posts sobre as viagens que fiz.







Então, no nosso segundo dia em Barcelona fomos logo pela manhã no Museu do Picasso, que eu realmente adorei. Durante todo o trajeto que se faz dentro do museu, existem grandes placas em várias línguas contando toda a história do pintor e sua evolução artística. Você consegue entender o que o levou a pintar aquilo, assim como as várias fases de pintura pela qual ele passou. 





Infelizmente, não se pode fotografar as obras. Eu não entendo muito sobre pinturas, esculturas, desenhos e os artistas que as desenvolveram, mas eu sempre achei o assunto interessante e sempre tive vontade de visitar esses museus. Se você gosta de arte, o museu está mais que recomendado. 






Foto do Sávio

E uma coisa legal é que fui no museu e só depois assisti aquele filme que se chama "Meia Noite em Paris"! O filme não é sobre Picasso, mas quando li a história dele no museu haviam alguns outros sujeitos que são também citados no filme. Digamos que me ajudou a me situar um pouco na história enquanto assistia. 

Depois fomos em um parque lindíssimo que se chama Ciutadella, bem próximo ao Arco do Triunfo de Barcelona. Eu ameei o parque, acho que até mais que o Parque Guell. Não sei explicar o motivo! Vejam por si mesmos...











Esse é o Arco do Triunfo. Que agora, depois de conhecer o de Paris, tenho que dizer que esse de Barcelona é tão bonito quanto.








Depois visitamos "La Pedrera", outra das infinitas obras de Gaudi espalhadas pela cidade. Já disse no post anterior que a arquitetura de Barcelona é "incrivelmente incrível"? 






Outros prédios lindos que vi e tive que fotografar porque metade de mim é enfermeira, mas a outra metade ama arquitetura! *_*








Seguimos então para Tibidabo, um ponto alto da cidade. É meio afastado, na verdade, mas vale super a pena conferir. Lá tem um pequeno parque de diversão - acho que tem até uma montanha russa -, mas nós não entramos, porque precisava pagar e também porque já estava um pouco tarde e ainda tínhamos outro lugar pra ir antes de voltar pra casa. Além do parque, tem uma igreja. Na verdade, parecem duas igrejas, uma sobre a outra. Lá no topo, tem um Cristo muito parecido com o do Rio, só que em menores proporções. 





Foto tirada pelo Sávio.

É muito bacana o lugar. E, se você tiver a sorte de ir em um dia de verão, o que não foi o nosso caso, conseguirá ter uma vista linda de toda a cidade.

Aquele dia era aniversário do Sávio! YEEY! Então, depois de Tibidabo, encontramos a Torre de Agbar no meio do caminho para o local da comemoração. A torre é linda, brilhante, cintilante, piscante, tudo que você imaginar. Ela fica mudando de cor e como era já "próximo" do Natal, ela também passava uns desenhos de estrelas e bolas de árvore de Natal.




O lugar escolhido foi nada menos que uma churrascaria ao estilo brasileiro. Rodízio de carne = a vida é maravilhosa. Claro que nada tinha o mesmo gostinho do Brasil, mas dava pra matar a saudade da nossa comida. Suco de laranja, guaraná antártica, arroz e feijão, farofa e churrasco. A melhor refeição do intercâmbio inteiro...

Foto do Carlos

Foto do Sávio





O nosso segundo dia terminou aí. Dia seguinte era dia de Basílica da Sagrada Família!

Hasta pronto o/

2 comentários:

  1. http://espanholaparaguaia.blogspot.com.br/2013/04/barcelona-dia-2.html?showComment=1434755309790#c1220427350509398003

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...